Psicologia e Moda


Veja a entrevista com Marjorie Vicente, especializada em Psicologia de Imagem!



Oi pessoal! Então, para quem me acompanha sabe que sou Psicóloga e gosto de tudo ligado à moda. Comecei a pesquisar sobre o assunto e encontrei uma psicóloga que uniu as duas áreas, ela se chama Marjorie Vicente e é especializada em Psicologia de Imagem. Adoreiiii o trabalho dela! A proposta é unir Psicologia e Moda buscando um equilíbrio entre imagem real e imagem desejada. Ela desenvolve projetos ligados a transtornos alimentares com crianças, adolescentes e modelos, ligando a Psicologia ao mundo da Moda e da Mídia. Entrei em contato com a Marjorie, que gentilmente cedeu algumas informações sobre seu trabalho!

Marjorie, como surgiu a ideia de unir Psicologia e Moda?


 Cursei Psicologia na PUC-Campinas de 2004 a 2008. Paralelo à faculdade atuei como consultora de imagem para duplas sertanejas e apresentadores de TV. Neste momento comecei a unir as duas paixões e focar no que os artistas passavam para o público com a imagem que exibiam. Me formei e trabalhei, em 2009, com imagem de marca, desenvolvendo campanhas de acordo com a psicologia do consumidor. Fui estudar consultoria de imagem na FIT em NYC em 2010, e neste momento senti falta de algo mais profundo voltado para a Psicologia. Então, na aula de Branding também na FIT-NYC, eu desenvolvi com o meu professor o conceito de Psicologia de Imagem, a união da Moda e da Psicologia na busca do equilíbrio entre imagem real e imagem desejada.       
O meu grande projeto no nosso país e mudar o cenário nesta temática, expandir o conceito de educação e prevenção de Transtorno Alimentar, “advogar” em prol de campanhas publicitárias que favoreçam a autoimagem positiva e ser uma parceira na busca do equilíbrio para todos que estão em conflito entre o que são e o que gostariam de ser.                                                                                   
Estou me preparando para iniciar o meu Mestrado em Health Education com concentração em Transtornos Alimentares, em New Hampshire, na Plymouth State University. Portanto, ficarei entre Brasil e EUA nos próximos anos. 

Você trabalha com qual abordagem psicológica?

ACP Abordagem Centrada na Pessoa de Carl Rogers.

Como é feito seu trabalho com crianças e adolescentes?

Durante o estágio que realizei na National Eating Disorders Association - NEDA, traduzi ferramentas de educação e prevenção em transtornos alimentares. Atualmente trabalho com pais, educadores e adolescentes em Miami, para conscientizá-los sobre o assunto.

Como uma pessoa pode identificar se está exagerando na dieta?

O meu termômetro são os limites do que é saudável. Não há problema algum em se cuidar, muito pelo contrário, e super importante para a autoestima gostar de si mesmo, e dentre outras características que a compõem está cuidar da aparência, o grande problema é quando em nome disto adotamos comportamentos que nos prejudicam e passamos a acreditar que o nosso valor esta apenas atrelado a nossa imagem.

Se alguém sentir que está perdendo o controle como buscar ajuda?

Entre em contato com a Marjorie Vicente através do e-mail: contato@marjorievicente.com.br, ou busque em seu site no link “Contato” o grupo de estudos ou centro de tratamento mais próximo!
Em Campinas existe o Grupo Interdisciplinar de Assistência e Estudos em Transtornos Alimentares do HC da Unicamp. Tel. (19) 3521-8277. 
Não se esqueça: dieta (=restrição) diga NÃO, reeducação alimentar (=equilíbrio) diga SIM!!!” Aprenda a diferenciar o que é gula e compulsão (leia mais).

Se você quiser saber mais sobre o trabalho da Marjorie Vicente vá até o seu site http://www.marjorievicente.com.br/.  



Postagens mais visitadas deste blog

Testei: Casting Creme Gloss: Mel Tabaco - L´oreal!

Testei: L´oreal Casting Creme Gloss - Mel Claro.

Merlot Hair!